O Terapeuta como Companheiro Mítico: Ensaios de Psicologia Analítica – 2009

Livro

Walter Melo

Coleção Arte e Saúde Mental – nº 1

O murmúrio que brota das páginas deste livro nos apresenta um contador de histórias que, com sua grande sensibilidade e conhecimento, nos revela o drama mítico que se passa na alma de cada uma das pessoas por ele escolhida para servir de guia e nos ajudar a compreender o sofrimento e o estranhamento das vivências psíquicas a partir de uma outra perspectiva.Poderíamos, inclusive, arriscar um subtítulo ao O Terapeuta como Companheiro Mítico, denominando-o “um manual de sensibilização”. Embora não acredite que a sensibilidade possa ser aprendida, daí a insuficiência de qualquer manual, ela pode ser, com certeza, despertada. Este despertar será o resultado da leitura destas páginas. Uma frase de Fernando Pessoa nos ajuda neste momento: “A lucidez só deve chegar ao limiar da alma. Nas próprias antecâmaras do sentimento é proibido ser explícito”. O Terapeuta como Companheiro Mítico é a prova da veracidade e profundidade destas palavras.
Por Carlos Bernardi

285 páginas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s